A opção.

Sempre defendi a ideia de que sofrimento é algo opcional. Digo isto porque temos controle não de nossos sentimentos, mas temos de nossas atitudes que podem mudar a forma como sentimos. Por exemplo, você pode escolher sofrer ou afastar-se do … Continuar lendo

Eu só acho que, quando ficamos nessa necessidade de mostrar que estamos felizes demais, é porque não estamos realmente bem e queremos ‘atingir’ alguém. Acho que temos que viver para a gente, e há certas coisas que não precisamos espalhar para os quatro cantos do mundo e nem sair anunciando a todos. Se está feliz, que ótimo! Mas preserve-se, preserve sua felicidade, até porque, como dizem, inveja tem sono leve!

É hora de re(começar)!

Se todas as esperanças foram perdidas, ou se houve muitos arrependimentos, um novo ano inicia-se e nos dá a oportunidade de recomeçarmos e fazermos diferente. Isto porque, ao entrarmos em um novo ano, mesmo que não possamos apagar nenhuma lembrança, nem mesmo desfazer nenhuma ação, a mudança nos permite a ilusão de um recomeço. A ilusão de que tudo, a partir daquele exato momento, apenas está começando, e trazendo consigo, uma nova história com um novo fim.

É hora de estar agradecida!

tumblr_mfb3i7Ng2M1rsrg0ho1_500_large

Fazendo uma retrospectiva de toda a minha vida, de todos os anos que marcaram, acho que este foi o principal. Esse ano pode se orgulhar de ter sido, até agora, o mais especial de todos os que já vivi. Claro, cada um com seu nível de importância, mas sinto que, a cada ano que passa, a cada dia que passa, estou cada vez mais realizada como pessoa. Nesse ano conquistei muito. Dei passos que me levarão para algum lugar ainda mais distante do qual agora estou. Cresci como ser humano, aprendi o significado de ‘amor próprio’. Arrisquei mais, coisa que antes não me permitia fazer por medo do desconhecido. Conheci pessoas maravilhosas, fiz novas amizades, me apaixonei, me entreguei de corpo e alma para todas essas pessoas que se fizeram importantes para mim e mergulhei de cabeça em todos os momentos que se fizeram inesquecíveis. Chorei também, é claro! Sofri uma, duas, três vezes, ou até mais, sei lá! Acontece que não me lembro muito bem – e nem faço questão de lembrar – porque ficar remoendo feridas passadas machuca, agonia, e disso quero distância! Aproveitar apenas como lição. E querem saber? Não desgosto desses momentos desagradáveis, aliás, a vida não é feita só de momentos bons, até por quê, que graça teria se não tivéssemos momentos dificeis para nos lembrar quão prazerosos são os momentos sem turbulências? Me preocupei com situações e pessoas, e ainda, deixei pessoas preocupadas, mas isso foi bom, porque mesmo com essa indelicada experiência, pude enxergar em quem realmente posso confiar, quem realmente se importa. Esse ano… ah 2012! Digo-lhe que podes ficar tranquilo! Orgulho-me de você, e principalmente, de mim. De ser quem sou, pensar como penso, agir como ajo, e ainda, de ter chegado onde cheguei. Se tivesse a oportunidade de voltar atrás, de mudar qualquer que fosse um fato, jamais o faria. Você me proporcionou a oportunidade de ver o mundo de outro jeito, mudar conceitos meus, amadurecer. E é por isso que desejo apenas que 2013 venha, e definitivamente, me surpreenda ainda mais.. Que venham novas amizades, novas aventuras, novas fases, mudanças, e até mesmo, novos amores..

Vivendo e aprendendo.

tumblr_lw1y6y1iiy1qh5vwvo1_500_large
Conforme as coisas acontecem, aprendemos a lidar com elas. Muita coisa que nos incomodava antes e deixava-nos desesperados, hoje talvez nem nos perturbe mais. Estamos vivendo esse crescimento constantemente, sofrendo mudanças, subindo, dia após dia, degraus que nos levam à autorrealização. Mudanças não são fáceis de serem encaradas, mas são definitivamente necessárias para que possamos nos transformar cada vez mais em seres humanos melhores. Essa é a essência da vida.

Eu apenas desisti!

Cópia de o que vale a pena

Se querem saber, eu desisti! Desisti já tem um bom tempo de ficar por aí, desesperada, feito uma louca varrida procurando por alguém, e principalmente um alguém que vá corresponder a todas as minhas expectativas. Desisti porque, não sei se já perceberam mas, quando estamos procurando algo e esperamos muito encontrar esse algo, a coisa pode estar na ponta do nosso nariz que não conseguimos enxergar nem a sombra, daí, quando nem lembramos do bendito, quando estamos virados pra lua, como num passe de mágica POOF! não é que meu dinheiro perdido resolveu aparecer? As coisas fluem bem melhor quando deixamos tudo livre, quando não esperamos e apenas deixamos  acontecerem de forma natural, mesmo que lenta. Acho que é aí que está a magia. Na lentidão, no inesperado, no que nos vem sem marcar data e muito menos, hora! O ser humano gosta de tudo pra ontem, quer que absolutamente tudo seja como ele deseja, mas eu não. Cansei dessa ladainha. O que vale a pena não somos nós quem escolhemos, não somos nós que determinamos hora certa para chegar.  Simplesmente acontece quando tem que acontecer e chega nesta mesma condição. Como dizia meu caro Caio Fernando Abreu, “o que vale a pena possuir, vale a pena esperar”. Então, que tal esperar o que há de melhor vir ao invés de recorrer às coisas efêmeras e  ficar choramingando pelas mesmas? Muito mais conveniente e muito menos dolorido, não? Talvez a chave para a felicidade está em compreender que nem tudo que queremos podemos ter, e que nem tudo vem na hora que desejamos.