Vivendo e aprendendo.

tumblr_lw1y6y1iiy1qh5vwvo1_500_large
Conforme as coisas acontecem, aprendemos a lidar com elas. Muita coisa que nos incomodava antes e deixava-nos desesperados, hoje talvez nem nos perturbe mais. Estamos vivendo esse crescimento constantemente, sofrendo mudanças, subindo, dia após dia, degraus que nos levam à autorrealização. Mudanças não são fáceis de serem encaradas, mas são definitivamente necessárias para que possamos nos transformar cada vez mais em seres humanos melhores. Essa é a essência da vida.

Eu apenas desisti!

Cópia de o que vale a pena

Se querem saber, eu desisti! Desisti já tem um bom tempo de ficar por aí, desesperada, feito uma louca varrida procurando por alguém, e principalmente um alguém que vá corresponder a todas as minhas expectativas. Desisti porque, não sei se já perceberam mas, quando estamos procurando algo e esperamos muito encontrar esse algo, a coisa pode estar na ponta do nosso nariz que não conseguimos enxergar nem a sombra, daí, quando nem lembramos do bendito, quando estamos virados pra lua, como num passe de mágica POOF! não é que meu dinheiro perdido resolveu aparecer? As coisas fluem bem melhor quando deixamos tudo livre, quando não esperamos e apenas deixamos  acontecerem de forma natural, mesmo que lenta. Acho que é aí que está a magia. Na lentidão, no inesperado, no que nos vem sem marcar data e muito menos, hora! O ser humano gosta de tudo pra ontem, quer que absolutamente tudo seja como ele deseja, mas eu não. Cansei dessa ladainha. O que vale a pena não somos nós quem escolhemos, não somos nós que determinamos hora certa para chegar.  Simplesmente acontece quando tem que acontecer e chega nesta mesma condição. Como dizia meu caro Caio Fernando Abreu, “o que vale a pena possuir, vale a pena esperar”. Então, que tal esperar o que há de melhor vir ao invés de recorrer às coisas efêmeras e  ficar choramingando pelas mesmas? Muito mais conveniente e muito menos dolorido, não? Talvez a chave para a felicidade está em compreender que nem tudo que queremos podemos ter, e que nem tudo vem na hora que desejamos. 

Também faz parte…

Nostalgia não é triste. Nostalgia também é saudável, porque lembrar de coisas que ficaram para trás e começar a sorrir simplesmente pelo fato delas um dia terem acontecido, faz um bem danado! Triste seria se não tivéssemos oportunidades, se nada acontecesse, se não tivéssemos histórias para contar. Fora isso! Ah, de resto, tudo vale a pena.

Novo doce problema.

E já foram dois, percebeu? Já foram dois textos. Dois lindos textos que saíram do fundo de minha alma. E saíram para você. Inspirados em você. Pensando em você. Não me venha pensar que está com essa bola toda, porque não está. Ao menos não deveria. Pelo menos agora. Não marquei a hora certa, então por favor, espere! Espere chegar o momento, momento esse que está bem distante. Quando alguém deixa de ser apenas um alguém para virar inspiração, ah! daí começa o problema. E de problema? Bom, tô correndo. Quero são soluções, e em específico, o deste pequeno imprevisto. Imprevisto sim, porque tem de sumir. Ah se tem.

(…)

Ou talvez, sinceramente, lá no fundo, bem no fundo, não quero que suma. Esse imprevisto pode ser uma solução disfarçado de problema só para me amedrontar. Tô sabendo.. Tô é ficando esperta. De pouquinho em pouquinho a gente aprende… Então por favor, permaneça e faça-me acreditar que coisas verdadeiras ainda possam existir.

Carta de um alguém nostálgico, 17/08/2012.

É que essa indecisão de não saber o que fazer em relação a você após tanto tempo me deixa confusa. Sinto uma vontade incessante de você, mas por favor, não interprete-me mal. Essa vontade que tenho é de lhe ter perto de mim, mas apenas como um bom e velho amigo, conversar, saber da sua vida, o que mudou, o que permaneceu estagnado. Soube que você está bem, e isto definitivamente me deixa ainda melhor. É que gosto de saber que as pessoas que realmente são especiais para mim estão tranquilas, felizes e se encontrando nessa caminhada da vida. Sei que, assim como é para mim, para você também não é indiferente, mas ambos temos de concordar que nós fizemos escolhas, e que foram essas escolhas que nos levaram onde hoje nos encontramos. Como diria a Teoria do Caos, uma escolha muda tudo. E assim foi. Todos os dias lembro-me de você, sinto saudades até, mas não aquela saudade que aperta, que machuca e que escorre pelos olhos. É uma saudade saudável e que provoca sorrisos sinceros. Todos os dias desejo de todo coração tudo de bom que o mundo possa oferecer, desejo que você seja feliz, que você consiga alcançar seus objetivos, que você sonhe bastante, pois os sonhos são o que nos ajudam a construir um objetivo e persistir nele. Podem até parecer clichê, mas dane-se, é sincero, e isso é o que de fato importa. Quero lhe dizer que, independente de tudo que houve, das circunstâncias que colaboraram para que nos afastássemos, você jamais deixará de ser um pedacinho de mim, um pedacinho da minha história, uma pessoa especial e que nem por decreto judicial, esquecerei. Saiba que estarás sempre em minha memória e em meu coração, e por favor, só lhe peço uma coisa: apesar de tudo e de todos, não delete-me.

Carta de um alguém nostálgico ao seu verdadeiro amigo.